34 C
Santo Antônio de Jesus
segunda-feira, outubro 18, 2021

PAA Leite gera renda e muda a vida dos agricultores familiares de Jussara

Foto: SDR

Neste ano, o PAA Leite já garantiu mais de 4,6 milhões de litros de leite para mais de 33 mil famílias, sendo 3,9 milhões de litros de leite de vaca e 718 mil litros de leite de cabra. Junto com o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), a iniciativa gera renda para os agricultores familiares e garante alimentos de qualidade para famílias em situação de insegurança alimentar e nutricional na Bahia.

As ações dos programas são executadas pela Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SJDHDS), em parceria com a Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), por meio da Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR) e da Superintendência Baiana de Assistência Técnica e Extensão Rural (Bahiater). No total, já foram investidos mais de R$ 12,6 milhões na compra e distribuição dos alimentos da agricultura familiar para 103 municípios baianos.

A Cooperativa dos Empreendedores de Jussara, no território de identidade de Irecê, está entre as organizações produtivas da agricultura familiar que vêm gerando renda com o PAA Leite. Hoje, a cooperativa comercializa 26 mil litros de leite de vaca e leite de cabra pasteurizados para o PAA, que distribui esse leite para 10 municípios da região: Jussara, Irecê, São Gabriel, Central, Xique-Xique, Itaguaçu, Barro Alto, João Dourado, Ibipeba e Lapão.

A venda do leite para o PAA Leite tem impacto direto na renda dos agricultores familiares. Com a entrega de 30 litros de leite por dia, cada agricultor recebe, mensalmente, R$ 1,5 mil. O presidente da cooperativa, Vanderlan Araújo, comemora os avanços após a inclusão da cooperativa no programa. “É um sentimento de dever cumprido depois de 23 anos de trabalho, desde a construção da indústria até a certificação estadual. Com o programa, a gente criou esse elo com o governo e agora a cooperativa tem como comercializar, especialmente no caso da venda do leite de cabra”.

O agricultor Márcio Ribeiro valoriza o PAA Leite na região. “Com o programa, eu consigo fazer o meu próprio salário e a minha renda com a comercialização desse leite de cabra sem precisar trabalhar para ninguém. Não tem coisa melhor, pois ajuda bastante”, afirmou.

A superintendente de Inclusão e Segurança Alimentar (SISA/SJDHDS), Rose Pondé, ressalta a importância do PAA Leite. “O PAA Leite é muito importante para garantir a segurança alimentar das famílias em vulnerabilidade. É bom deixar claro que ele é importante também para o agricultor e a agricultora que estão no programa porque significa a garantia da comercialização desse produto com preço justo e regularidade garantida”.

Para participar do PAA Leite, que conta com recursos do governo federal, com contrapartida de 20% do Governo do Estado, os agricultores familiares precisam estar com a Declaração de Aptidão ao Pronaf (DAP) válida e é fundamental também a presença de um laticínio com distância de, no máximo, até 100 quilômetros para preservar a perecibilidade do produto e evitar custos à logística dessa ação. Os alimentos são destinados a entidades da rede socioassistencial e as que atendam famílias em situação de vulnerabilidade.

Fonte: Ascom/SDR/CAR

Fonte: Portal do Governo do Estado da Bahia

Relacionadas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Redes Sociais

953FãsCurtir
11,254SeguidoresSeguir
79SeguidoresSeguir
Santo Antônio de Jesus
nuvens quebradas
34 ° C
34 °
34 °
30 %
4.6kmh
81 %
seg
33 °
ter
34 °
qua
35 °
qui
29 °
sex
28 °

Últimas Publicações

error: Conteúdo Bloqueado!