21.5 C
Santo Antônio de Jesus
domingo, outubro 24, 2021

Arroba do boi gordo inicia semana com forte queda nos preços

O mercado físico de boi gordo voltou a se deparar com queda acentuada nos preços da arroba na abertura da semana nas principais praças de produção e comercialização do País. Segundo o analista da Safras & Mercado, Fernando Henrique Iglesias, os frigoríficos conseguem até mesmo comprar boiadas abaixo dos preços de referência.

Com a China celebrando um longo feriado nacional (Golden Week), muito dificilmente as autoridades locais darão uma resposta aos esclarecimentos do Brasil sobre os casos  atípicos de vaca louca detectados em setembro ainda nesta semana. Assim, o embargo autoimposto às exportações com destino maior mercado para a carne bovina brasileira segue em vigor.

“O que mais preocupa o criador no momento é que, além das sinalizações de que não há pressa por parte da China, os custos da nutrição animal estão muito altos, dificultando a retenção dos animais nos confinamentos, em um momento em que começa a chover, o que é outro fator complicador para o pecuarista. Com isso, a pressão de baixa deve permanecer intensa ao longo da semana”, disse Iglesias.

Em São Paulo, capital, a referência para a arroba do boi ficou em R$ 280 na modalidade à prazo, ante R$ 290 na sexta-feira. Em Goiânia (GO), a arroba teve preço de R$ 275. Em Dourados (MS), a arroba foi indicada em R$ 280, contra R$ 284. Em Cuiabá, o valor foi de R$ 279, contra R$ 280. Em Uberaba, Minas Gerais, preços a R$ 280 a arroba, contra R$ 287.

Atacado

Já os preços da carne bovina ficaram estáveis no atacado. A expectativa é que mesmo durante a primeira quinzena do mês não haja grande espaço para reajustes, considerando o ambiente bastante complicado em meio ao impedimento de exportar para a China. “O temor ainda é pela necessidade de desovar a carne estocada em câmaras frias ou portos no mercado doméstico, o geraria forte queda dos preços da proteína animal e por consequência no restante da cadeia pecuária”, assinalou o analista.

O quarto dianteiro seguiu precificado a R$ 21,25 por quilo. Quarto dianteiro ainda é cotado a R$ 15,80. Ponta de agulha segue precificada a R$ 15,70, por quilo.

Ver Matéria Original

Relacionadas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Redes Sociais

954FãsCurtir
11,254SeguidoresSeguir
79SeguidoresSeguir
Santo Antônio de Jesus
nublado
21.5 ° C
21.5 °
21.5 °
99 %
1.3kmh
95 %
dom
27 °
seg
29 °
ter
31 °
qua
27 °
qui
24 °

Últimas Publicações

error: Conteúdo Bloqueado!