25.6 C
Santo Antônio de Jesus
quinta-feira, outubro 21, 2021

demanda aquecida anima produtores e área plantada deve crescer 13% em MT

O produtor Murilo Fritsch está na reta final do cultivo da soja na propriedade em Jaciara, sul de Mato Grosso, área que deve ser substituída após a colheita da leguminosa pelo algodão segunda safra, cultura com um cenário bastante promissor na safra 2021/22.

“O preço do algodão ficou muito bom em relação ao ano passado, e a expectativa para o ano que vem é de manutenção desse cenário, apesar do custo estar um pouco mais caro. Por enquanto não temos nada negociado, vamos esperar mais, pois acredito que o mercado vai melhorar mais. O preço do algodão no ano passado caiu muito por conta da pandemia, enquanto o consumo aumentou e o estoque mundial está baixo”, diz Fritsch.

“Tanto algodão quanto milho se beneficiam com a antecipação do cultivo da soja. É importante falar que algumas regiões estão bem adiantadas, mas tem regiões que ainda não está chovendo regularmente. O que a gente espera é que se normalize porque ainda dá tempo de ter uma boa janela tanto milho quanto para o algodão”, ressalta o diretor executivo Instituto Mato-grossense do Algodão (IMA), Álvaro Salles.

Área plantada com algodão pode crescer 13% em Mato Grosso na safra 2021/22 Foto: Pacelli

Para a safra 2021/2022 a projeção é que sejam semeados 1,09 milhão de hectares de algodão em Mato Grosso, avanço de 13,3 % em relação à safra anterior, com estimativa de produtividade em torno de quase 300 @ por hectare, salto inicial de 3,2% em relação ao ano passado. A produção prevista é de 4,7 milhões de toneladas em caroço e 1,9 milhão de toneladas de pluma. De acordo com o setor, o cenário otimista para o mercado da fibra está atrelado ao preço futuro da pluma e a demanda aquecida devido à retomada da economia global.

“Constando todos os custos com elevação tinha que estar mais de R$ 100 por arroba de pluma, já que no ano passado se trabalhou com R$ 70, R$ 75. Não é o nível máximo do que a gente gostaria, mas está bem melhor que o ano passado, então isso faz com que os produtores fiquem um pouco mais animados. Agora o que vai determinar mesmo é a janela de plantio. Até o final de janeiro é uma janela muito boa, mas do final de janeiro para frente começa ter um decréscimo da capacidade de ter uma boa produtividade, onde o risco é maior de ter falta de chuva no final do cultivo, cuidar bem da lavoura para colher bem”, complementa Salles.

 

Ver Matéria Original

Relacionadas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Redes Sociais

954FãsCurtir
11,254SeguidoresSeguir
79SeguidoresSeguir
Santo Antônio de Jesus
nublado
25.6 ° C
25.6 °
25.6 °
75 %
1.3kmh
86 %
qui
29 °
sex
29 °
sáb
30 °
dom
33 °
seg
29 °

Últimas Publicações

error: Conteúdo Bloqueado!