21.6 C
Santo Antônio de Jesus
sexta-feira, dezembro 3, 2021

Farsul alerta para aumento dos custos de produção de arroz

A Federação da Agricultura do Rio Grande do Sul (Farsul) está preocupada com o custo da produção do arroz no estado.

De acordo com a entidade, apenas para cobrir os custos de produção, os rizicultores do Rio Grande do Sul vão precisar que o saco de 50 kg do cereal seja comercializado, no mínimo, por R$ 76,32 ao final da colheita. Esse valor era de R$ 70,37, em agosto de 2021; e de R$ 60,54, no mesmo período de 2020.

Arroz. Foto: Elton Nolasco

Segundo a Farsul, os fertilizantes foram responsáveis por uma alta de 74% na evolução dos custos em 12 meses, entre agosto de 2020 e 2021. Já o preço do frete cresceu 39%; sementes, 32%; capital de giro, 26%; químicos, 21%; e operações mecânicas também 21%.

Comercialização

A Farsul diz que o preço de comercialização do produto não acompanhou o movimento.

“Em agosto de 2020, o saco de 50 kg era vendido por R$ 79,20, o valor de equilíbrio era de R$ 60,50; já em agosto deste ano, o preço do saco era de R$ 77,10, enquanto os custos representavam R$ 70,10, diferença de 9,5%”, afirma a entidade.

O diretor administrativo da Farsul e coordenador da Comissão do Arroz da Federação, Francisco Schardong, demonstra apreensão com o quadro. “Se olharmos a projeção para esta safra 2021/2022, nos causa um pouco de preocupação. Não teremos a margem que houve na passada e hoje estamos trabalhando em cima de números que foram muito achatados pelo custo de produção. Isso realmente acendeu a luz amarela”, diz.

Ver Matéria Original

Relacionadas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Redes Sociais

954FãsCurtir
11,254SeguidoresSeguir
79SeguidoresSeguir
Santo Antônio de Jesus
nuvens quebradas
21.6 ° C
21.6 °
21.6 °
94 %
0.6kmh
61 %
sex
31 °
sáb
25 °
dom
28 °
seg
30 °
ter
32 °

Últimas Publicações

error: Conteúdo Bloqueado!