27.8 C
Santo Antônio de Jesus
sexta-feira, dezembro 3, 2021

preços disparam e volume de negócios aumenta; confira a cotação

Os preços da soja apresentaram boas altas nesta terça nas principais praças do país, motivado pela quarta alta consecutiva de Chicago e pela elevação do dólar, que encostou em R$ 5,60. A movimentação melhorou, diante de novos patamares.

“Houve volume razoável de negócios. No porto, as indicações para novembro/dezembro bateram em R$ 175,00”, informou o analista de Safras & Mercado, Evandro Oliveira, que calculou negócios envolvendo ao menos 100 mil
toneladas.

– Passo Fundo (RS): a saca de 60 quilos subiu de R$ 168,00 para R$ 169,00

– Região das Missões: a cotação avançou de R$ 167,00 para R$ 168,00

– Porto de Rio Grande: o preço passou de R$ 171,00 para R$ 173,00

– Cascavel (PR): o preço subiu de R$ 168,00 para R$ 169,50 a saca

– Porto de Paranaguá (PR): a saca avançou de R$ 170,00 para R$ 173,00

– Rondonópolis (MT): a saca aumentou de R$ 163,00 para R$ 166,00

– Dourados (MS): a cotação avançou de R$ 160,00 para R$ 161,00

– Rio Verde (GO): a saca subiu de R$ 161,00 para R$ 163,00

Chicago e a soja

Os contratos futuros da soja negociados na Bolsa de Mercadorias de Chicago (CBOT) fecharam a terça-feira com preços mais altos. Foi a quarta sessão seguida de ganhos, diante da perspectiva de aumento da demanda pelo produto americano.

O sentimento no mercado é que as negociações comerciais entre Estados Unidos e China irão avançar, o que poderá render maior procura chinesa pela oleaginosa norte-americana. Sinais recentes dão conta de que a China está
presente no mercado.

Hoje o mercado também recebeu suporte da alta do petróleo no mercado internacional e de seus reflexos sobre os preços dos óleos vegetais em vários países.

Os contratos da soja em grão com entrega em novembro fecharam com alta de 6,50 centavos de dólar por bushel ou 0,53% a US$ 12,28 por bushel. A posição janeiro teve cotação de US$ 12,37 por bushel, com ganho de 8,00 centavos ou 0,88%.

Nos subprodutos, a posição dezembro do farelo fechou com alta de US$ 4,70 ou 1,47% a US$ 322,60 por tonelada. No óleo, os contratos com vencimento em dezembro fecharam a 62,39 centavos de dólar, alta de 0,37 centavo ou 0,59%.

Câmbio

O dólar comercial fechou a sessão em R$ 5,5950, com alta de 1,35%. A moeda norte-americana foi fortemente pressionada pelo cenário fiscal incerto e turbulento, que continua a preocupar o mercado, que teme por uma quebra do teto de gastos por parte do governo.

Ver Matéria Original

Relacionadas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Redes Sociais

954FãsCurtir
11,254SeguidoresSeguir
79SeguidoresSeguir
Santo Antônio de Jesus
nuvens quebradas
27.8 ° C
27.8 °
27.8 °
66 %
1.7kmh
56 %
sex
31 °
sáb
25 °
dom
28 °
seg
30 °
ter
32 °

Últimas Publicações

error: Conteúdo Bloqueado!