27.3 C
Santo Antônio de Jesus
quinta-feira, janeiro 20, 2022

SAJ: ‘Os trabalhadores saem do supermercado de madrugada sem segurança e nem transporte’, afirma diretora do Sindicato dos Comerciários

Em entrevista concedida a Rádio Andaiá FM, no Programa Levante a Voz, Anatália Mercês, Diretora do Sindicato dos Comerciários, fala sobre o  funcionamento de alguns supermercados aos domingos e feriados e também da perspectiva salarial para o trabalhador do comércio.

Sobre o funcionamento do comércio aos finais de semana e feriado, Natália Mercês informou que houve luta por parte do Sindicato dos Trabalhadores para que houvesse um limite com relação aos trabalhos realizados nos domingos e feriados.

“Essa questão do domingo e feriado, o Sindicato dos Trabalhadores lutou muito para que houvesse alteração na lei municipal, no sentido de que houvesse um limite em relação principalmente aos mercados e conseguimos no final de 2020, só que infelizmente hoje quem manda na cidade é o Setor Patronal, através da prefeitura e de alguns vereadores”, declarou Anatália Mercês.

Ela ainda informou que por decisão da Prefeitura e de alguns vereadores, a decisão sobre o limite de funcionamento do comércio aos domingos e feriados foi retrocedida para a realidade de 2008.

“Eles resolveram que tinha que alterar a lei e voltar para 2008. A realidade de 2008 é diferente, pois não tinha a reforma trabalhista, não existia liberalidade que existe hoje do patrão explorar. Não tem como você pegar uma lei de 2008 e colocar agora e dizer que é a mesma coisa”, afirmou.

Mercês ainda falou sobre  o horário de funcionamento de alguns supermercados no natal, que foram até as 23 horas durante a semana toda, porém o trabalhador saiu do local 1 hora depois sem o seu vale transporte de direito e sem segurança no retorno para suas casas.

“Os trabalhadores saem do supermercado de madrugada sem segurança e nem transporte público. Aconteceu demais agora no Natal em duas redes de supermercado grande”, proferiu ela.

No que diz respeito a perspectiva salarial do comerciário, Anatália Mercês informou que os trabalhadores vão receber de acordo com reajuste do salário mínimo decretado pelo Governo Federal.

“Como houve o reajuste do salário mínimo para R$ 1.212, o trabalhador não pode receber menos que o salário mínimo”, disse Anatália Mercês.

Ela ainda falou sobre o direito do trabalhador ao vale transporte e o prejuízo quando essa obrigação pela empresa não é exercido.

“Infelizmente em Santo Antônio tem essa cultura de achar que é o trabalhador quem tem que pagar pelo seu transporte para ir trabalhar e isso é terrível, porque o trabalhador tem que bancar a moto ou qualquer outro transporte, se ele tem uma moto é ele quem banca a gasolina pra poder chegar no horário no trabalho”, falou.

Natália Mercês também alertou aos trabalhadores do comércio da importância de participar das reuniões das assembleias e opinar nas decisões tomadas.

  • “É hora de discutir na assembleia o vale transporte, o vale alimentação , o dia do comerciário , triênio, quebra da caixa , hora-extra, percentual, banco de horas , tudo isso a hora de discutir é agora. Essa assembleia é aberta para todo trabalhador do comércio, você precisa ir participar e dá a sua opinião, porque é com base na sua opinião que a gente monta a pauta e encaminha para ser negociado”, finalizou   (Fonte: Blog do Valente)

Ver Matéria Original

Relacionadas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Redes Sociais

951FãsCurtir
11,254SeguidoresSeguir
79SeguidoresSeguir
Santo Antônio de Jesus
nuvens dispersas
27.3 ° C
27.3 °
27.3 °
68 %
2.9kmh
29 %
qui
29 °
sex
31 °
sáb
32 °
dom
26 °
seg
26 °

Últimas Publicações

error: Conteúdo Bloqueado!